Música para dormir bebê: As Melhores Músicas e Cuidados ao usar

Que uma música para dormir bebê é tudo de bom, todo mundo sabe. O que muita gente não sabe é como as notas musicais penetram no cérebro do bebê, liberando substâncias que trazem sensações incríveis de bem-estar e felicidade. Com as substâncias liberadas pelo cérebro, o bebê se aconchega, relaxa, e dorme tranquilo por boas horas!

Quem é que não se lembra, até hoje, das canções que a mamãe cantava para a gente dormir? Tinha músicas do Bicho Papão, Sapo Cururu, Alecrim Dourado, Frère Jack e tantas outras que ainda ressoam em nosso imaginário, nos transportando a um passado de paz e aconchego que não volta mais…

Contudo, lembre-se que este mundo encantado em que viveu, pode ser recriado também para o seu bebê! Basta escolher uma música para dormir bebê bem suaves, e gravar em um dispositivo para oferecer ao bebê no momento mais apropriado. Você pode fazer isso com o seu próprio celular, sem gastar nada!

Se você está esperando bebê, comece já, e dê ao seu pimpolho a oportunidade de desenvolver o cérebro mais rapidamente, usufruindo dos benefícios da música para sentir-se em segurança e feliz.

Agora, se você é mamãe de primeira viagem e não sabe o que fazer para o seu bebê dormir quando está chorando ou inquieto, não hesite, lance mão dessa arma poderosa que é a tecnologia, e reproduza música lindíssimas. Se for esse o seu caso, experimente colocar para a criança ouvir uma música para dormir bebê. Verá que logo ela se acalma, relaxa e dorme tranquilamente por muito tempo.

Para saber melhor como tudo isso funciona, vem comigo para essa viagem fantástica ao cérebro do bebê, na esteira de uma música para dormir bebê que você pode conferir clicando AQUI. Você vai adorar!

Mitos e verdades a respeito da música para bebê ainda no ventre

Existem muitos mitos a respeito de como a música age no cérebro do bebê, principalmente quando ele ainda está no ventre materno. Entretanto, alguns desses fatos foram confirmados como verdadeiros após estudos realizados a respeito do assunto na Europa.

Por exemplo, se um bebê ouve muito uma música para dormir bebê quando está no útero, logo nos primeiros meses de vida aqui fora ele reconhece quando a música é tocada no meio de outras, e demonstra isso balançando mãos, pés, e se chacoalhando todo ao ritmo da música que ouvia ainda no útero. Entretanto, mostra-se apático ao som de músicas que não conhece.

A pesquisa apontou, ainda, que o mesmo acontece com bandas que a mãe costumava ouvir antes dele nascer, e que ao ouvir tocar ele reconhece em meio a outras. Segundo os especialistas, isso acontece porque as memórias das músicas ouvidas no ventre da mãe podem durar até quatro meses de idade.

Outros fatores apontados pelo estudo revelam que uma música suave, como uma música para dormir bebê tem um papel importante no desenvolvimento do cérebro. O fato é comprovado quando um bebê prematuro é submetido a ouvir música suave regularmente, período em que se nota melhora na sua frequência cardíaca, nos níveis de oxigênio, nos sinais vitais e na alimentação.

Cuidados que devem ser tomados

Embora esteja comprovado que músicas suaves, até mesmo músicas clássicas ajudam a desenvolver o cérebro do bebê ainda no ventre, é preciso tomar muito cuidado na escolha da música. Lembre-se que a música que a música que você escolhe para seu bebê ouvir dentro de sua barriga tem a finalidade de acalmá-lo e não de assustá-lo. Por isso, fuja de músicas com ruídos muito altos ou irregulares, pois seu bebê pode ficar estressado antes mesmo de nascer. Afinal, o rock pode esperar!

Costumes positivos para uma grávida:

  • Todos os dias, em um horário pré-determinado, coloque uma música para dormir bebê para tocar bem próximo ao útero. O bebê vai relaxar e dormir em seu ventre, carregando esse costume para a rotina aqui de fora, após nascer. Além de relaxar o bebê, vai relaxar também a mamãe, que precisa descansar.
  • Durante o dia, acostume-se a ouvir música ambiente mais animada, porém não vá com tanta sede ao pote: lembre-se que ruídos abruptos e irregulares podem assustar o bebê dentro do ventre;
  • Se você aprecia música ao vivo, não deixe de ouví-.la. Apenas seja mais seletiva, escolhendo apresentações com músicas clássicas ou populares, bem suaves, e até mesmo orquestradas;
  • Aproveite para soltar a voz, cantando para o seu bebê. Esta é uma forma de relacionamento muito benéfica, pois além de fortalecer os laços entre mãe e filho, o bebê aprende a conhecer sua voz e se sente feliz, dormindo com mais tranquilidade.

Conclusão:

Agora que você já viajou comigo por este mundo fantástico do cérebro do bebê, procure outras músicas suaves para oferecer a ele, assim ele já começa a ser beneficiado por essa bênção que é a música. Encontrei músicas lindas e contagiantes no Canal MeditarSons – Músicas Relaxantes. E o melhor é que são sempre melodias, nada de musiquinhas repetitivas!

Mas não se esqueça de compartilhar este post com seus amigos e familiares, principalmente com as futuras mamães de sua rede social. Assim, também elas poderão acostumar seus bebês a ouvir uma música para dormir bebê, e colher seus benefícios enquanto ainda estão no útero.

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.