A crise do terceiro mês

A CRISE DO TERCEIRO MÊS

Aos três meses o seu bebê entrará na fase conhecida como a crise do terceiro mês, mas não se assuste! Isso nada mais é que do que uma fase de descoberta para o bebê. Ele conseguirá descobrir que nasceu, sua visão periférica estará pronta, seu pescoço começará a ficar mais duro e ele vai saber que o choro desperta a atenção de todos ao seu redor.

E uma fase que dura cerca de quinze dias, curta, porém, muito intensa. O corpo da mamãe também sente algumas mudanças, já que a quantidade de leite será um pouco reduzida para se adequar à necessidade certa para o seu bebê. Isso não significa que você irá ficar sem leite, apenas não terá mais aquele aspecto de seio muito cheio.

 

É uma fase também onde o seu bebê ficará mais ativo, perderá o foco ao mamar algumas vezes, curiosidade com sons e imagens. Tudo isso normal, já que ele está descobrindo um mundo totalmente novo para ele.

Ele vai sentir a sua presença e seguir com os olhos objetos e outras pessoas, vai começar a reconhecer o som das vozes dos pais e de pessoas mais próximas.

 

Nasce um observador 

Podemos dizer que é a fase onde o bebê irá se transformar em observador. Suas expressões faciais aumentarão e ele vai começar a balbuciar e a “conversar” com você. Sempre responda as questões que ele com entusiasmo!

Como o seu corpo estará mais firme, ele vai começar a erguer braços e pernas e a levantar o pescoço quando estiver de bruços. Assim como conseguirá levar a mão à boca. Essa é a fase oral que começa a se desenvolver e vai até os dezoito meses.

Através da boca é que o bebê terá a grande maioria das experiências aos três meses. Será comum ele levar tudo à boca: brinquedos, objetos e as próprias mãos. 

Desde que objetos, brinquedos e mãos estejam limpos, você poderá deixa-lo levar tudo à boca, pois faz parte do desenvolvimento motor do bebê.

Você vai perceber também que o sono do seu bebê irá mudar. Ele estará mais tempo acordado e seu tempo de sono será em torno de quinze horas divididas em três grandes cochilos. Uma rotina é necessária para que você estipule um tempo de qualidade para o sono noturno. 

Se você ainda não conseguiu definir uma rotina nessa fase, tente o método ABRAÇO, que te fará ter uma rotina mais concreta, mas não rigorosa.

O método ABRAÇO

Se você observar o seu bebê mais de perto, poderá ver que existe um ciclo que não muda. Ele se alimenta, brinca e dorme e assim sucessivamente.

Dessa forma foi criado o método ABRAÇO:

Alimentar

Brincar

Adormecer

reComeçar

Observar

 

Dicas para saber quando o seu bebê está na crise dos três meses

Mamar mais rápido – Aos três meses o bebê já consegue respirar, sugar e engolir ordenadamente, então a mamada passa a ser mais ritmada e mais rápida;

Chorar ao mamar – Antes o choro significava que o bebê estava com fome e ao mamar ele parava. Na crise dos três meses é o contrário. Como um observador que é, ele se distrai mais facilmente durante a mamada e o choro significa que ele já está satisfeito;

Chorar para dormir – Se não tiver nenhum outro problema de saúde, o choro ao dormir é normal. O bebê quer continuar a descobrir o mundo e luta para se manter acordado. O certo é deixa-lo desabafar até dormir;

Agitação – A crise dos três meses sobrecarrega o bebê com muitas informações e, por isso, eles ficam inquietos. Essa agitação age para a evolução do desenvolvimento do seu bebê.

 

Estímulos para o desenvolvimento do seu bebê

  • Utilize brinquedos que possam desenvolver os sentidos;
  • Converse com o seu bebê, mas não se esqueça de falar de forma clara também;
  • Faça coisas que ele possa imitar: barulhinhos, bolinhas de saliva, dentre outros.

 

Sinal de alerta

Se você observar que o seu bebê está com algum sintoma abaixo, converse com o seu médico imediatamente:

  • Não consegue firmar a cabeça;
  • Tronco está mais mole;
  • Quando está deitado de bruços, não ergue os ombros, membros e nem a cabeça;
  • Não esboça sorrisos;
  • Não emite sons.

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.