Cuidados nos primeiros meses de gravidez

CUIDADOS NOS PRIMEIROS MESES DE GRAVIDEZ

 Descobrir uma gravidez é um momento especial e mágico, mas também cheio de incertezas, principalmente se for a primeira gravidez. É normal sentir isso e é preciso alguns cuidados em uma das fases mais importantes nos primeiros meses de gravidez. 

Não podemos nos esquecer de gravidez não é sinal de uma doença. Então, se você tiver todos os cuidados poderá continuar com a sua rotina diária ao mesmo tempo em que mantém uma gravidez saudável.

 

Sintomas nos primeiros meses de gravidez

Enjoo: Geralmente ocorre pelas manhãs, então, coma com mais frequência ao longo do dia e mantenha-se hidratada. Se os enjoos forem mais intensos, o médico poderá indicar um remédio; 

  • Cansaço: Para aumentar a sua disposição, procure acordar e dormir no mesmo horário. Crie uma rotina.
  • Seios sensíveis: Você pode usar um sutiã de sustentação para aliviar a sensibilidade ou as dores causadas pelo aumento do peso. Dormir com esse tipo de sutiã também é indicado para aliviar o desconforto;   
  • Dores na pelve (bacia): Faça movimentos leves e alongamentos. Se isso não ajudar, procure o seu médico e explique o que está sentindo;
  • Azia: Lembre-se de comer em pequenas quantidades e nunca se deitar logo após as refeições sempre que sentir uma queimação no estômago. Frituras, comidas condimentadas e apimentadas e líquidos durante as refeições ajudam a aparição dessa sensação;
  • Gengivas: Algumas grávidas sentem sensibilidade nas gengivas, se for o seu caso, utilize escovas de dentes com cerdas macias e use o fio dental. Consultar o seu dentista também é aconselhável;
  • Urina: O aumento da vontade fazer xixi é um clássico entre as grávidas, então não segure: faça. Se você prender a urina corre o risco de ter infecções urinarias.

        

Vamos disponibilizar algumas dicas importantes para os primeiros meses de gravidez logo abaixo: 

 1 – Exames  

 O primeiro passo para saber que está grávida é procurar um obstetra que fará o acompanhamento da sua gravidez e iniciar o pré-natal. Já na sua primeira consulta o médico deve coletar seu histórico médico e solicitar uma série de exames laboratoriais. É muito importante fazer tudo o que é pedido. 

 Estes exames laboratoriais é que darão a certeza de que sua saúde está em ordem e assim garantir uma boa saúde para o seu bebê. Se o médico detectar alguma anomalia, poderá ver a evolução da doença e, quando possível, prescrever um tratamento que resolva o problema. 

2 – Produtos químicos 

 Durante a gravidez, o seu bebê se alimentará de nutrientes que passarão pelo cordão umbilical. Algumas substâncias podem ser prejudiciais porque elas podem ser transmitidas pelo cordão umbilical e causar problemas de saúde para o bebê antes mesmo do nascimento. 

 Então você deve evitar substâncias tóxicas durante este período. Cremes cosméticos fortes, tinturas para cabelos e principalmente álcool, cigarros e drogas. 

 

3 – Vitaminas  

 É recomendado algumas vitaminas para garantir uma boa nutrição para o bebê. O ácido fólico garante o desenvolvimento dos neurônios do bebe, assim como vitamina B e cálcio, que são fundamentais para o crescimento do feto. 

 Isso tudo precisa ser prescrito pelo seu médico de confiança.  

 4 – Alimentação 

Sabemos que nos primeiros meses de gravidez a náusea é muito presente, mas manter uma alimentação saudável e equilibrada ajuda você e o seu futuro bebê.

 Alimentos gordurosos, frituras, cafeína é melhor evitar, prefira peixes de baixo teor de gordura e carnes magras, frutas e muitas fibras. As fibras vão ajudar a melhorar o funcionamento dos intestinos  

5 – Ultrassom 

Geralmente o primeiro ultrassom é realizado entre a 6ª e 8ª semana. Ele é importante porque monitora os batimentos cardíacos do feto e também acompanha o saco gestacional (placenta), que é a proteção do seu bebê enquanto estiver dentro da barriga.

Somente através do ultrassom é que podemos definir a idade gestacional do feto e saber uma data para o parto. Se houver algum problema grave, é possível detectar com antecedência.

Lembre-se sempre de fazer o ultrassom.

6 – Atividade física 

Caminhadas e atividades físicas leves são indicadas para reduzir a pressão alta, a diabetes gestacional e o inchaço das pernas, além de te ajudar a controlar o peso e a liberar serotonina, que é considerado o hormônio da felicidade.

Pilates, ioga, hidroginástica e natação são exercícios que são recomendados. Fale com seu médico obstetra antes de iniciar qualquer atividade física. 

  

7 – Automedicação 

Nunca se automedique, pois existem várias substâncias que podem causar deformidades ou doenças graves em seu bebê. 

Sempre que sentir algum tipo de desconforto converse com seu médico, somente ele poderá prescrever o melhor medicamento para que você e seu bebê fiquem bem.

Lembre-se também que um remédio indicado para uma pessoa pode ter efeito contrário se usado por outra pessoa.   

8 – Repouso 

O repouso é fundamental tanto no início da gravidez quanto no final, pois nos primeiros meses o sono é muito comum e nos últimos meses o peso da barriga dificulta as coisas.

Dessa maneira seu corpo fica sobrecarregado e precisa de muito repouso.

Evite atividades fortes e extravagantes e descanse o quanto puder.

     

 

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.