Como Ser Uma Boa Mãe Para Meu Bebê

COMO SER UMA BOA MÃE PARA O MEU BEBÊ

A mente se torna um turbilhão: alegria, preocupação e dúvidas. Isso tudo porque a mulher descobre que está grávida. É uma mistura de sentimentos e a primeira pergunta é: serei uma boa mãe?

Todas essas dúvidas desaparecem quando pegamos o bebê em nosso colo porque o instinto materno nos guia para cuidarmos da melhor forma possível, e até mesmo impossível, da nossa cria.

 

Um estudo mostra que para ser uma boa mãe, a mulher precisa desenvolver algumas atitudes. Vamos ver agora:

 

  1. Ser você mesma

A nossa atenção se volta totalmente para o bebê. Vivemos o dia inteiro para cuidar somente das necessidades do nosso filho. É uma rotina cansativa, mas que não vamos nunca abandonar e acabamos nos esquecendo de nós mesmas. É preciso parar algumas vezes e recuperar o fôlego e criar mais forças para continuarmos a guiar a nova vida. 

 

  1. Não existe mãe perfeita

Tentamos o máximo que podemos para sermos perfeitas perante os olhos dos nossos filhos, porém é normal errarmos e não tem nenhum problema nisso. É errando que se aprende e essa máxima te leva a conhecimentos que fortalecem as relações de afeto, confiança e muito amor. 

 

  1. Sem ameaças

A relação entre mãe e filho é norteada pela palavra amor. Não ameace o seu filho com maus-tratos psicológicos e físicos, pois ele crescerá com baixa autoestima e sem confiança. Lembre-se que você é o porto seguro para o seu filho, então o amor é a chave para fazer crianças felizes.

 

  1. Saiber ouvir

Saiba ouvir o que o seu filho tem para dizer. Esse ato nos ensina muito também. Mesmo quando bebê, ele vai saber se comunicar com você, mamãe através de gestos e grunhidos. Ensine o seu filho a colocar para fora as emoções que ele sente e explique que somente assim é que outras pessoas poderão compreende-lo.

 

  1. Você é mãe, não amiga

Calma, não é exatamente ao pé da letra que estamos a falar que você é mãe e que não pode ser amiga do seu filho. O que pretendemos dizer aqui é que a criança também precisa de ter “segredos” com outras crianças da mesma idade. O seu filho precisa ser independente e criar uma identidade própria. Estabeleça vínculos com outras pessoas além da família.

 

  1. Independência

Saiba ser a mãe norteadora que vai ajudar o seu filho a ser independente e ter autonomia. Para isso é que preparamos os caminhos para ele seguir. Se houver frustação em algum momento, explique que isso é normal na vida de qualquer pessoa e saiba motivá-lo para continuar seguindo em frente.

  

  1. Respeitar o ritmo

Cada bebê tem um ritmo diferenciado do outro. Não devemos ficar comparando os nossos filhos com os filhos dos outros. Temos que ter paciência e sabermos respeitar o ritmo dos pequenos, somente assim o desenvolvimento correto do bebê vai dar certo.

 

 

  1. Demonstrar afeto

O contato físico entre mãe e filho é muito importante desde os primeiros dias de vida do bebê. Abrace-o e o coloque perto do seu coração para que ele ouça as batidas do seu coração, essa ação o deixa calmo e o faz se sentir amado. Se ele for maiorzinho, abrace-o e o beije e diga que o ame.

 

  1. Companhia

Passar um tempo fazendo companhia para o seu filho é muito importante para o seu desenvolvimento. Ficar junto, conversar, brincar, fazer uma refeição juntos, tudo isso pode ser simples, mas são sinais de que existe uma relação verdadeira entre vocês.

 

  1. Chorar

Sim, não é só os filhos que choram. Papais e mamães também choram. 

Somos seres humanos e vivemos com todos os sentimentos que existem. Você não tem a obrigação de estar com um sorriso no rosto todas as horas e todos os dias. Chore se sentir necessidade e explique para o seu filho o porquê está chorando. Faça o mesmo se sentir triste. Cuidado apenas se estiver com sentimentos de raiva, controle-se para não descontar a raiva e frustação em seu filho. Explique a ele para que ele possa aprender a lidar com sentimentos e a reconhecer emoções.

   

  1. Tempo

Saiba organizar o seu tempo. Crie rotinas para que haja momentos de lazer com o seu filho e para que você tenha um tempo só para dedicar a si mesma.

 

  1. Cuidar de si mesma

Muitas mulheres acabam se esquecendo de si mesmas após o nascimento dos filhos. Ela só tem em mente coisas de bebê. Então, ter um tempo para si mesma é muito importante, pois além de mãe você ainda continua sendo mulher, esposa e amiga.

Saiba valorizar-se.  

 

  1. Dormir

Apesar de acordar algumas vezes na madrugada por causa das necessidades do bebê, você precisa dormir bem para ter energia para o dia seguinte. Não é nada fácil conciliar isso. Procure dormir durante as horas em que o seu bebê estiver dormindo durante o dia.  

 

Na realidade não existe uma receita pronta de como ser uma mãe perfeita. Você tem que ter determinação e foco e muito amor.

A prática será sempre a melhor amiga da perfeição. 

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.