Como Trocar Uma Fralda Corretamente E Sem Choro

COMO TROCAR UMA FRALDA CORRETAMENTE E SEM CHORO

Se você for mãe de primeira viagem e não tiver experiências em trocas de fraldas, você terá um grande desafio. Mas, a prática leva à perfeição, não é mesmo?

O momento certo para você aprender a trocar uma fralda corretamente é logo após o parto. Isso porque serão muitas trocas e o bebê fica paradinho.

 

Passo a passo para trocar uma fralda corretamente

Tenha em mãos tudo o que você vai precisar para fazer a troca da fralda: fraldas descartáveis ou de pano, sabonete neutro, água limpa, lenços umedecidos, algodão, pomadas para assaduras, fitas autoadesivas.

Dê preferência por um local seguro onde tenha uma torneira ou uma banheir. Sim, você deve lavar as partes íntimas dos bebês e retirar os restos de urina e fezes que possam ficar grudados na pele sempre que possível.

 

Limpeza do bebê

Retire a roupa de baixo da criança, retire as fitas autoadesivas e levante as perninhas, se houver fezes, retire a fralda, mas com as perninhas ainda levantadas. 

Lave bem com água e sabão neutro, se estiver fora de casa limpe com lenços umedecidos, e verifique se não ficou nenhum resíduo nas partes íntimas do bebê. Somente assim você evitará assaduras e outras infecções. Faça devagar e com calma, nada de pressa para a troca de fraldas. Seque com uma toalha, delicadamente. Não esqueça de secar as dobrinhas. Aplique uma pomada contra assaduras na virilha, nas nádegas e na parte da frente e espalhe muito bem.

 

Colocando a fralda corretamente

Você deverá pegar uma fralda e abrir e colocar embaixo do bebê. Segure a parte da frente e passe pelas perninhas. Nessa hora veja se as partes da frente e de trás estão na mesma altura, após verificar, retire as fitas autoadesivas que ficam na parte traseira da fralda e cole-as. Não pressione muito, mas também não deixe muito frouxa.

 

Dicas práticas

  • Use os lenços umedecidos moderadamente, preferencialmente em casos de urgência. O uso frequente pode desencadear em alergias;
  • Quando estiver em casa, alterne as fraldas. Um dia use a descartável e no outro as de pano. Isso fará com que a pele do bebê respire melhor.
  • Evite usar os alfinetes para as fraldas de pano, é perigoso para o bebê e para a mamãe;
  • Troque as fraldas diversas vezes, principalmente após as mamadas e depois dos cochilos.
  • Lave bem as mãos, antes e depois, das trocas de fraldas.

 

Problemas dermatológicos

A irritação da pele fica em primeiro lugar quando falamos em problemas dermatológicos em bebês, pois são causadas pelas fezes e pela urina. São conhecidas como dermatites de fralda. 

Algumas erupções podem e estas são causadas pelo atrito de fraldas e roupas apertadas.

Produtos novos também são causadores de algumas alergias e deixam a pele vermelha e irritada, principalmente na parte do bumbum.

Todos esses sintomas devem ser levados a sério e tratados rapidamente, para que não haja proliferação de bactérias causadoras de infecções mais graves.

 

Trocando a fralda sem choro

O bebê não sabe falar e a única forma de se expressar é chorando. Seja por necessidade ou para chamar a atenção, ou até mesmo ambos!

O bebê pode chorar na hora da troca da fralda por estar sentindo frio. A temperatura corporal dele cai muito rapidamente. Então, não há a necessidade de deixar o bebê pelado na hora da troca, a não ser que esteja uma temperatura quente no ambiente em que escolheu. Mantenha a parte superior coberta e tire somente a parte de baixo.

Quando os bebês estão com as fraldas sujas é normal que ele se sinta mais agitado, então nesse momento faça brincadeiras para distraí-lo, dê brinquedos, cante, converse e dê atenção. Faça desse momento um momento lúdico para ele, aos pouco ele irá se acalmar e parar de chorar.

Você pode uma outra pessoa da convivência do bebê para te ajudar nessa hora. Bebês adoram interagir de todas as formas com coisas e pessoas novas, afinal tudo é uma descoberta para ele. Chame o papai, a vovó, a babá, a tia ou quem estiver por perto para te auxiliar.

 

Motivos que fazem o bebê chorar durante a troca de fraldas

  • Sono – principalmente à noite ele chora na hora da troca da fralda porque ele quer dormir e você estará “atrapalhando o sono” dele;
  • Frio – como a temperatura cai rapidamente, ele chora para te avisar que está com frio;
  • Fome – quando ele estiver com fome, ele vai chorar de qualquer maneira até conseguir a sua alimentação;
  • Ficar parado – ele vai chorar porque quer sair dessa situação logo. Bebês gostam de movimento;
  • Fralda suja – ficar sujo deixa o bebê extremamente irritado.

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.