Apresentando O Recém-Nascido Para O Pet

APRESENTANDO O RECÉM-NASCIDO PARA O PET

Sua família é composta por três seres vivos: você, o marido e o pet. Você está grávida e o seu pet já sentiu as mudanças e mudou o comportamento? É muito natural o seu bichinho sentir estranheza, ele ainda não sabe direito o que está acontecendo, mas tem muito medo de perder a atenção dos papais, pois ele se sente a atração da casa. Você só precisa ter um pouco de paciência e demonstrar para ele que nada vai mudar e que ele vai ganhar um novo amigo/irmão.

Os cães, principalmente, sentem mais a chegada de um bebê como perda de amor e carinho. Ajude o seu animalzinho nessa fase para que ele também curta a chegada do bebê com alegria e tranquilidade. Alguns cuidados diários durante a gravidez vão fazer você e seu pet aguardarem o novo membro da família de forma natural.

 

A convivência diária com um animal de estimação desde cedo é ótimo para o desenvolvimento do recém-nascido. Apesar de muitos pais terem medo de deixar o pet chegar perto do bebê ou de que possam transmitir doenças. Para que isso não aconteça alguns cuidados precisam ser tomados antes do nascimento.

 

Como ajudar os papais na apresentação do bebê ao pet

 

  • Você deve deixar o seu pet saber que está grávida. Deixe ele encostar em sua barriga, sentir o seu cheiro. Apresente o quarto do bebê para que ele fique familiarizado com o local.  Envolva o seu pet em tudo que for fazer dentro de casa. Ele precisa sentir que também está fazendo parte dessa mudança;

     

  • Respeite as rotinas diárias do seu pet: passeios, brincadeiras, banhos e tudo que sempre fez com ele;
  • Ainda na maternidade, envie uma fralda ou uma peça de roupa com o cheirinho do bebê para que o seu pet já vá reconhecendo o cheiro dele. Em casa, deixe algumas fraldas espalhadas pela casa, principalmente nos locais onde ele gosta de dormir;
  • Apresente o seu recém-nascido ao seu pet. Deixe ele se aproximar e deixe-o cheirar. Sempre que ele se comportar ofereça petiscos, como um incentivo positivo para tal coisa. Ele aos poucos vai entender que o bebê é uma coisa boa. Mantenha o ambiente calmo nessa hora;
  • Aproveite a gravidez e coloque as vacinas do seu pet em dia. Mantenha a carteirinha em dia. Dessa forma você evitará doenças para ele e para o recém-nascido;

 

 E, se meu pet for agressivo?

Se o temperamento do seu pet for mais agressivo e você não puder controlar, apresente o seu bebê com ele preso em uma coleira, com guia e focinheira. Não corra riscos desnecessários e nunca deixe o seu bebê sozinho com ele em algum lugar.

Animais possuem sentimentos iguais aos seres humanos e ciúmes pode ser a causa dessa agressividade. Demonstre amor, deixe-o saber que ele ainda é o seu filho e que foi promovido a irmão mais velho e tenha paciência.

Procure profissionais de adestramento e converse com o seu veterinário sobre o assunto, com certeza de que eles vão te ajudar nessa empreitada.

 

Benefícios de animais de estimação para os recém-nascidos

Inúmeros são os benefícios que um animal traz para um recém-nascido. Eles trazem ganhos físicos, emocionais e psicológicos.

Se o seu receio é sobre alergias, isso é um mito e que caiu já tem um tempinho. Pesquisas recentes comprovam que é o contrário. Quem convive com animais de estimação desde cedo tem menos chances de desenvolverem alergias respiratórias, além de fortalecer o sistema imunológico e diminuir a quantidade de antibióticos receitados para os bebês. Diminui também problemas estomacais, dores de cabeça e resfriados. Também incentivam os exercícios, pois se exercitarão muito brincando com o amigão.

Na área social e emocional, os pets ajudam a desenvolver as noções de responsabilidade, ensinam os bebês a serem mais sociáveis, companheirismo, afetividade e diminui a ansiedade.

Casos de autismo severo em bebês e crianças foram beneficiados com a presença de um animal de estimação, pois se sentiam mais calmos.

 

Sabemos que nas primeiras semanas quase toda a atenção da mamãe estará voltada para o recém-nascido. O seu animal de estimação, com certeza, sentirá muito a sua falta, reserve um momento para dar atenção a ele, ele vai amar e você poderá relaxar um pouco também. E, não se esqueça de incluir o seu pet quando estiver com o seu bebê, diga o nome perto do bebê e explique o que está fazendo. Crie vínculos, pois você é o elo mais importante para essa ligação entre os dois.

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.