Quando Introduzir Papinhas Na Alimentação Do Seu Bebê

QUANDO INTRODUZIR PAPINHAS NA ALIMENTAÇÃO DO SEU BEBÊ

Tenha em mente que até os seis meses, o bebê necessita somente do leite materno ou de fórmulas especiais. 

 Depois dos seis meses o sistema digestivo do seu bebê estará formado e pronto para receber sabores e alimentos diversos.

 

Mesmo amamentando você vai começar a introduzir a papinha para o seu bebê. Comece a cada três dias e sempre oferecendo sabores leves. 

 O certo é que o bebê coma papinha três vezes ao dia, então no almoço e jantar legumes frescos, carnes magras, feijão, tubérculos e cereais, sem sal e em pequenas quantidades. Papinhas com frutas são ótimas para o lanchinho da manhã, depois de três horas após a primeira mamada.

 

Alimentos mais indicado para as papinhas do bebê   

Além de sabermos quais os alimentos mais indicados para fazermos a papinha, precisamos saber introduzi-los de forma correta.

Entenda que o seu bebê comerá pouco, não o force a comer do que ele não quer. Respeite o seu bebê.

Primeiramente, ofereça os alimentos separados para que o seu filho sinta as texturas e os sabores dos alimentos. Mesmo se ele não gostar, ofereça em outras oportunidades.

 

Alimentos mais indicados para a primeira fase da papinha 

  • Frutas: maçã, banana, mamão, melancia, pera e abacate;
  • Grãos: macarrão e arroz 
  • Tubérculos: batatas, batatas doces, mandioquinha e mandioca; 
  • Proteínas: carnes magras, ovos e frango; 
  • Verduras e legumes: repolho, beterraba, abóbora, brócolis, couve, dentre outros.

 

Como preparar as papinhas

As frutas precisam ser bem lavadas e você pode oferecer amassadas, trituradas ou raspadas.

Verduras e legumes e tubérculos devem ser bem cozidos e sem sal.

Primeiro ofereça os alimentos separados e somente depois você pode juntá-los. Deixe o seu bebê experimentar os sabores e escolher os que ele mais prefere.   

 

 Algumas dicas para facilitar a primeira papinha: 

  1. Relaxamento 

Nunca resolva dar a papinha enquanto seu bebê estiver com sono ou irritado. Será muito mais difícil. Escolha um horário em que o bebê esteja mais relaxado.

  

  1. Paciência

Comer é um ato corriqueiro para nós adultos, mas para os bebês é uma coisa anormal. Afinal, eles só conhecem coisas líquidas. Tenha paciência nas primeiras vezes porque ele vai recusar as primeiras colheradas.

 

  1. Temperatura   

A papinha não pode estar muito quente para não queimar a boca do seu bebê. Existem alguns bebês que gostam da papinha quase frias. Tente as duas temperaturas e deixe sempre que ele escolha qual a melhor. 

 

  1. Roupinhas 

Usar roupas mais confortáveis deixará o seu bebê mais à vontade para experimentar coisas novas. Uma roupinha mais velha ajudará porque a sujeira será grande e ele provavelmente, por se sentir à vontade, colaborará com a introdução dos novos alimentos.  

 

  1. Posição da língua 

Aos seis meses, o bebê só conhece o movimento de sugar o leite. Então, nada mais natural que quando ele for experimentar alimentos, ele repita esse gesto.

Ao alimentá-lo com uma colher, ele vai sugar a comida porque esse é o movimento que ele conhece, mas mantenha-se tranquila porque não será porque ele não gostou.

     

  1. Deixe-o sentir a comida

A primeira reação do seu bebê ao ver a comida será colocar as mãos nela. Deixe-o sentir e tocar a comida. Isso ajuda com o desenvolvimento do tato, olfato e paladar.

 

  1. Concentração

O ato de comer é por si só um ato sagrado. Então, ao incentivar o seu bebê a começar a ingerir alimentos, concentre-se somente nisso. Dê atenção ao seu bebê e ao ato de comer.

 

  1. Rotina 

Ao criar uma rotina o seu bebê vai se adaptar mais rapidamente a se alimentar.

Faça tudo na mesmo ordem, todos os dias. Gestos pequenos para que ele reconheça a hora de comer.

 

  1. Brinquedos

Se houver algum tipo de impedimento, use as suas armas: brinquedos. Distraia o seu bebê com o brinquedo preferido e ofereça a comida.

 

  

  1. Intervalos

Se mesmo com alguns truques, você continuar sem poder dar a papinha ao seu bebê, dê um tempo. Não adianta força-lo a comer porque isso vai deixar o bebê e você estressados.

 

  1. Fraldas

Geralmente enquanto comem, os bebês fazem cocô. Então, pare de dar a papinha, troque a fralda e continue o processo.

Uma fralda suja é desconfortável e irrita o bebê.  

Compartilhe

Em destaque

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Precisamos das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços.